top of page

BLOG ALIANÇA FRANCESA  gOIÂNIA

Músicas em Francês que Não São da França


Não dá para aprender ou pensar na língua francesa sem passar pelos artistas clássicos que contribuem para criar nosso imaginário da França, como Edith Piaf e Jaques Brel. Mas que tal ouvir músicas em francês que não são da França?


A França pode até ter inventado a língua francesa, mas hoje não é o único país a usar o idioma, não só na Europa, mas em outros países e continentes do mundo todo. Essa comunidade mundial que compartilha a língua francesa é chamada de francofonia.

Então, para expandir seus horizontes musicais francófonos fizemos uma lista com 5 artistas que cantam músicas em francês, mas que não são da França. Já pode ir abrindo a aba do YouTube ou do Spotfy para ouvir os álbuns desses artistas. Allons-y!!!


1. Stromae

Você pode não se lembrar do nome, mas Stromae já ficou bem conhecido aqui no Brasil com o single “Alors on Danse”, que pode ser traduzido como “Então dançamos” (pausa para nostalgia, refresque sua memória ouvindo esta música no Youtube).


E não, ele não é francês, Stromae é um artista belga. Suas primeiras aparições como rapper foram sob o nome artístico “Opmaestro”, mais tarde ele decidiu mudar o nome para Stromae, que é um anagrama feito a partir da palavra “maestro”.


Se você parar para reparar nas letras das canções, apesar do ritmo dançante, Stromae sempre aborda questões de cunho sério, sejam sociais ou emocionais, em suas músicas. Graças a esta combinação, em 2010 o artista permaneceu no topo das paradas e muitos países.


2. Angèle


Criada em uma casa de artistas, Angèle Josèphine Van Laeken é uma cantora belga que passou a chamar a atenção do público no cenário musical depois do seu trabalho conjunto com a cantora Dua Lipa em “Fever”.


Angèle começou sua carreira no jazz, realizando apresentações intimistas em pequenas cafeterias. Além das apresentações, a cantora usou a plataforma do Instagram com vídeos diversificados e bem-humorados para angariar visibilidade.


E a iniciativa deu certo! Em 2017, Angèle abandonou o jazz e se lançou no pop com a música “La Loi de Murphy” (A lei de Murphy), que alcançou a quinta maior posição nas paradas belgas. Nos anos seguintes a cantora se estabeleceu no cenário belga e francês, e existem várias apostas para sua projeção mundial.


3. Aya Nakamura

Com mais de 800 milhões de visualizações no Youtube com o single “Djadja”, Aya Coco Danioko, mais conhecida pelo seu nome artístico Aya Nakamura, é uma cantora do estilo pop de ascendência francesa-maliana.


A cantora escolheu este sobrenome para seu nome artístico em homenagem a Hiro Nakamura, personagem de uma série de drama e ficção-científica da NBC, Heroes. Aya começou publicando suas canções no seu perfil do Facebook, e aos 19 anos conquistou seu primeiro grande sucesso com as músicas “Karma" e "J'ai mal".


Em 2018, Nakamura se tornou a primeira artista feminina a conquistar um lugar entre no top 10 da França com faixas de um segundo álbum, e a primeira artista em língua francesa a ser a número um nas paradas a Holanda desde desde Édith Piaf com "Non, je ne regrette rien" em 1961.


4. K.Maro

Cyril Kamar, mais conhecido pelo seu nome artístico K.Maro, é um cantor, rapper e produtor canadense de origem libanesa. Sua primeira aparição no cenário musical foi com o grupo LMDS, que é uma abreviação para "Les Messagers du Son" (Os Mensageiros do Som).


Os LMDS alcançaram grande sucesso em Quebec, conseguindo lançar dois álbuns. Até que em 2001, o grupo decidiu por uma cisão e os artistas seguiram em carreira solo e Cyril tomou o nome K’Maro.


Rapidamente K’Maro conseguiu projeção internacional com a música “Femme Like U” em 2004. O estilo do cantor navega entre os idiomas inglês, francês e, às vezes, o árabe. Seu álbum mais recente foi lançado em 2010, intitulado 01.10.


5. Zaho

Outra sugestão de artista francófona que vamos oferecer a vocês é a artista de ascendência argelina-canadiana, Zaho. Sua carreira começou em Montreal para onde ela migrou coma família em 1999.


Lá ela teve contato com a indústria musical e decidiu deixar de vez os estudos e dedicar-se totalmente a música. Zaho é bastante conhecida por cantar no estilo R&B (Rhythm & Blues) e já trabalhou com grandes nomes da indústria musical francesa, como Idir, Tunisiano e Soprano.


A artista lançou seu primeiro álbum em 2008, intitulado “Dima”, um gíria árabe que significa “Sempre”. O álbum é cheio de canções fortes e cadenciadas, para quem curte estilos dançantes. E para aqueles fãs de uma boa versão, a cantora fez uma da música Give it (Timbaland, Nelly Furtado e Justin Timberlake) em francês, chamada de “Tu reconnais”.


Tem algum artista francófono que você ouve sem parar? Conta pra gente aí nos comentários!

450 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page