BLOG ALIANÇA FRANCESA  gOIÂNIA

  • admifinanceiro

Filmes franceses para ver em casa e aproveitar o fim de semana (e o feriado)

Nada melhor que um fim de semana seguido de um feriado, e para quem é de Goiânia esse desejo não está muito longe de ser realizado. Acontece que na segunda, dia 24, é celebrado o dia da padroeira da capital do estado, e pensando nisso e já te dando uma ajudinha na hora de escolher o que assistir nos streamings de plantão, a gente selecionou quatro filmes disponíveis nas principais plataformas de vídeo, então vem com a gente.


Globoplay

Filme: O palácio francês (Quai d'Orsay ), comédia. 2014.


Um filme leve do diretor e roteirista francês, Bertrand Tavernier. Na trama, Arthur, um jovem recém-formado, começa a trabalhar para o ambicioso Ministro das Relações Exteriores. Sua função é elaborar os discursos do ministro, mas também terá que lidar com jogos políticos, a vaidade e as loucuras de seu chefe.


Amazon Prime

Filme: Uma agente muito louca (RAID Dingue), comédia. 2017.


Johanna Pasquali (Alice Pol) é a primeira mulher a se juntar ao RAID, um grupo de elite da polícia. Eugène Froissard (Dany Boon), o agente mais misógino da Raid, desaprova a entrada de Johanna no grupo, mas os dois acabam tendo que fazer uma dupla para parar a Gangue dos Leopardos. Antes de resolverem o caso, os dois precisarão que trabalhar juntos sem matar um ao outro.


Telecine

Filme: A revolução em Paris (Un Peuple et son roi), Drama Histórico. 2019


A trama de Revolução em Paris se passa em 1789, com o povo francês se mostrando cada vez mais descontente com o rei Luís XVI. Homens e mulheres clamam que o monarca abandone o luxo do palácio de Versalhes para descobrir a miséria pelas ruas de Paris. Juntos, eles vão à Assembleia Nacional para fazer pressão em nome de uma revolução. Com as lutas nas ruas e a queda da Bastilha, surgem as condições para o nascimento da República francesa.


Netflix

Filme : Oxigênio (o2), Suspense. 2021.


Em Oxigênio, presa dentro de uma câmara criogênica, uma mulher deve agir com precisão e calma para conseguir escapar. Quanto mais o tempo passa, mais desaparece o oxigênio e mais diminuem suas chances de sair dali com vida. Filme dirigido por Alexandre aja e estrelado por Mélanie Laurent (Bastardos inglórios ) teve uma avaliação positiva e já é considerado uns dos melhores filmes de suspenses franceses do ano, faz uma analogia sobre a Covid -19 e o isolamento social. Vale a pena assistir.

*Não é recomendado para pessoas claustrofóbicas.


Gostou desse conteúdo? Tem alguma sugestão?

Cadastre-se e nos deixe um comentário.

28 visualizações0 comentário