BLOG ALIANÇA FRANCESA  gOIÂNIA

O Que é o Dia Mundial do Meio Ambiente?


1972, Estocolmo, Assembleia Geral das Nações Unidas. Há 50 anos atrás, neste evento o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) foi criado, assim como foram desenvolvidas as primeiras iniciativas que visavam melhorias na preservação do meio ambiente. Para homenagear esta iniciativa o dia 5 de junho foi escolhido como o Dia Mundial do Meio Ambiente.


Além de visar a sensibilização da opinião pública e valorizar o meio ambiente, o Dia Mundial do Meio Ambiente objetiva apresentar o lado humano das questões ambientais, capacitando as pessoas a se tornarem agentes do desenvolvimento sustentável.


Como não poderia ser diferente, o dia também é dedicado a promoção da conscientização de comunidades e indivíduos, a fim de que mudem sua relação ao uso dos recursos e questões ambientais e assim, assegurar um futuro mais seguro e próspero para todas as nações e povos.


A fim de alcançar estes objetivos, todos os anos no Dia Mundial do Meio Ambiente (não apenas neste dia, mas o foco é mais marcante) são compartilhadas informações a respeito do impacto da ação humana no planeta terra.


Este acompanhamento é fundamental para que os governos e a população mundial desenvolvam uma postura mais consciente em relação ao uso dos recursos naturais e procurem meios (leis e ações) para preservar estes recursos por meio de um desenvolvimento sustentável.


ALGUNS DADOS


Não é novidade que a ação humana é a grande responsável pelo desequilíbrio ecológico que tem ocorrido nas últimas décadas. (Sim, a natureza passa por ciclos de desequilíbrio natural, mas bem que a gente tem acelerado essa festinha, não dá para negar). Agora, cabe a nós criar medidas que reduzam e revertam o impacto de nossas ações sobre a natureza.


Para você ter uma noção, de acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos (ABRELPE), no Brasil, são consumidos cerca de 720 milhões de copos descartáveis por dia. Isso equivale a 1500 toneladas de resíduos sendo produzidas todos os dias no país.


Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) revelam que 80% do lixo nos mares é composto por plástico. O plástico chega até os mares devido ao descarte incorreto e a falta de iniciativas de reutilização (também existe o problema dos descartáveis de uso único) e reciclarem.


Além do problema da poluição, os animais aquáticos muitas vezes acabam presos ou consumindo estes resíduos que são despejados nas águas. Isto compromete o ciclo da vida desses serem e o sistema no qual eles pertencem. Estima-se que até 2050 haverá mais plástico que peixes nos oceanos.


VAMOS PÔR A MÃO NA MASSA?


Então, muito bacana discutir e se preocupar com as questões ambientais, mas o que realmente faz a diferença são ações concretas. Mesmo que pareça que pequenas ações fazem diferença alguma, é fundamental que cada um procure contribuir como puder para que medidas sejam tomadas para a reduzir o impacto da ação humana na natureza.


Aqui vamos listas algumas ações que você mesmo pode fazer na sua casa ou trabalho (chama a equipe para participar, envolver todos no projeto pode ser uma forma de gerar unidade e cooperação):


  • Elimine o consumo de copos plásticos descartáveis;


No dia-a-dia, sobretudo no trabalho, use copos reutilizáveis ou adote uma garrafa. Esta ação sozinha evita, pelo menos, o consumo de quatro copos descartáveis por dia. No caso de um evento, o uso de copos reutilizáveis pode diminuir em até 80% o consumo total de resíduos descartáveis no final do dia.

  • Economize água e energia;

Este aqui ajuda a natureza e o seu bolso! Às vezes, mesmo sem perceber, desperdiçamos água e energia no nosso dia a dia, como deixar um eletrodoméstico ligado, mesmo que não esteja sendo ativamente usado, jogamos fora a água de lavar roupa que poderia ser reutilizada (tipo para lavar a calçada, ao invés de usar a mangueira com água limpa, por exemplo).

  • Não compre animais silvestres sem autorização;

Este é um item autoexplicativo. Nós e nossos animais domésticos já acostumamos com nossa vida urbana e o estilo de vida que esta vida requer, foram anos e anos de adaptação para que pudéssemos nos acostumar com isso. Os demais animais da natureza já fazem dela sua casa e conservam seu estilo de vida. Além do mais, eles são muito mais úteis lá do que decorando uma casa ou sendo algo exótico para mostrar para as visitas.

  • Não desperdice alimentos.

Por último, mas não menos importante. Este aqui também além de ajudar a natureza também pode dar uma aliviada no bolso nestes tempos de inflação alta. Não é sobre aquela comida que sobra no prato no final do self-service, são os alimentos que deixamos perder em casa.


Sabe aquele pão de forma que está quase passando da data de validade? Tem várias receitas que podemos aproveitar ele. A casca de banana por exemplo, também pode ser usada de diversas formas e é rica em fibra que é ótimo para o intestino, dica na internet é o que não falta.


Mas caso cozinhar não seja o seu forte e você percebe que você não vai consumir até a data de validade, passe o alimento para quem precisa e não pode comprar.


Enfim, estas são algumas iniciativas que você pode tomar no dia-a-dia. Se você se lembrou de algum que não citamos ou algum dado interessante sobre o meio ambiente, deixa para gente aí nos comentários, para que nós e outras pessoas também possam aprender conosco.


1 visualização0 comentário